Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Página Inicial Quem já está na ZPE
voltar imprimir
Aumentar texto Diminuir texto
Quem já está na ZPE
Ter, 09 de Abril de 2013 11:24
Primeira empresa brasileira a operar em regime de ZPE, a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) está orçada em US$ 8,1 bilhões, sendo US$ 5,1 bilhões destinados à implantação da primeira fase. Com uma área total de 989 hectares, a CSP tem como acionistas a Vale (50%), Dongkuk (30%) e Posco (20%). Em termos de geração de empregos, estão previstos 15 mil empregos diretos e 8 mil indiretos apenas na fase de construção e 4 mil empregos diretos e 10 mil indiretos quando em operação total. A produção estimada de placas de aço é de 3 milhões de toneladas ao ano até 2015 (quando da conclusão da primeira fase) e 6 milhões de toneladas ao ano até 2018 (quando da conclusão da segunda fase).

Segunda empresa a ser aprovada pelo Conselho Nacional de ZPEs (CZPE) e autorizada a se instalar na ZPE do Pecém. A Vale Pecém é empresa da Vale S/A voltada para o fornecimento de minério de Ferro à CSP. É autorizada a operar o pátio de minério de Ferro e pelotas, fornecendo à CSP, e ao beneficiamento de matéria-prima. Serão investidos US$ 96,7 milhões na implantação da Vale Pecém, com expectativa de gerar 180 empregos diretos e de início das operações em 2015.

Com a aprovação pelo Conselho Nacional de ZPEs, a White Martins é a terceira empresa autorizada a se instalar dentro da ZPE Ceará. O projeto industrial para instalação da empresa White Martins Pecém Gases Industriais Ltda. vai gerar 480 empregos na ZPE Ceará, em São Gonçalo do Amarante (CE). Durante a fase de construção civil, serão gerados 300 empregos diretos e na montagem da planta, mais 180 empregos. Com investimento total de R$ 356,8 milhões, será a maior planta de fabricação de gases industriais da América Latina. A empresa atendeu aos requisitos para apresentação de projetos industriais previstos na legislação, principalmente, no que diz respeito à viabilidade econômica, capacidade de integração com as economias local e regional, e colaboração para o desenvolvimento da região de influência da ZPE Ceará, dentre outros. O projeto da White Martins prevê uma planta criogênica de separação de gases industriais para emprego na unidade industrial da Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), também localizada na ZPE Ceará.

A Phoenix do Brasil apresentou o projeto de instalação da empresa na área da ZPE Ceará. O valor do investimento é da ordem de R$ 198 milhões e a expectativa é gerar cerca de 500 empregos, entre diretos e indiretos na região. O projeto da Phoenix já foi aprovado pelo Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação (CZPE). A Phoenix presta serviços siderúrgicos variados, dentre eles o manuseio de escória e a recuperação e dimensionamento de sucata de metal. A Phoenix produzirá subprodutos, tais como carepa, refratário e residual metálicos para a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP).
 

Calendário

Julho 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
1 2 3 4 5 6 7
8 9 10 11 12 13 14
15 16 17 18 19 20 21
22 23 24 25 26 27 28
29 30 31 1 2 3 4