Apóstolos da Inovação conhecem trabalho do Cede

6 de janeiro de 2014 - 03:00

Nesta segunda-feira (6), o presidente do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico (Cede), Alexandre Pereira, recebeu os participantes do programa Apóstolos da Inovação, uma iniciativa do Instituto de Desenvolvimento Industrial do Ceará (Indi) e da Federação das Indústrias do estado (FIEC) com a finalidade de levar inovação a setores da indústria através do contato com estudantes universitários de alto desempenho.

No encontro, o Secretário Alexandre Pereira falou sobre o panorama de desenvolvimento do estado, apresentando a realidade econômica do Ceará, incluindo potencialidades e os desafios para atração de investimentos. Alexandre destacou que para o Governo, desenvolvimento econômico está ligado a desenvolvimento social e redução das desigualdades e ressaltou os investimentos feitos em infraestrutura e educação, permitindo um melhor ambiente para geração de negócios e oferecendo melhor qualidade de vida aos cearenses.

“Aproximar a academia do setor produtivo enriquece a economia do Ceará. Temos um grande potencial a explorar na área de tecnologias e inovação como solução para empresas”, afirmou o presidente do Cede. A 4ª edição do Apóstolos da Inovação conta com a participação de 24 alunos, sendo 12 do ITA e do IME e 12 das universidades cearenses, a maioria em final de curso, selecionados em um dos processos mais concorridos de todas edições. “O Ceará possui estudantes entre os mais qualificados do Brasil, que se destacam em universidades concorridas e muitas vezes por questões profissionais ficam longe de sua terra. Queremos mostrar que o estado está preparado para tê-los de volta, que esse perfil de profissional pode contribuir bastante com diversos setores cearenses”, completa Alexandre.

Sobre o Apóstolos da Inovação

De 6 a 30 de janeiro de 2014, o Programa Apóstolos da Inovação cumprirá uma intensa programação de atividades. Na primeira e na última semana do Programa, os apóstolos receberão palestras e treinamentos, com o objetivo de finalizar as propostas de inovação identificadas nas empresas selecionadas. Nesse período, os participantes ficarão por dentro de cenários econômicos e da indústria e do que é empreendedorismo e modelagem de negócios.

Na segunda e terceira semana, eles farão visitas guiadas às indústrias, debaterão os principais gargalos dessas companhias e farão o levantamento das melhorias. Também vão interagir com mentores, especialistas no desenvolvimento da solução dos problemas já apontados para que façam uma análise conclusiva a ser apresentada à direção de cada empresa. Ao final, vão juntar os dados coletados para elaboração de um relatório que será apresentado às empresas e durante evento de fechamento na 4ª edição, na sede da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC).

Os alunos são desafiados a identificar oportunidades de inovação e novos negócios para as indústrias em questão. Para tanto, eles passam todo o mês das férias estudando o setor, visitando empresas, conversando com empresários e técnicos para identificar tais oportunidades e demandas.

Ao final de cada edição, os alunos fazem uma apresentação das principais descobertas e apontam oportunidades de inovação e de negócios para o setor estudado. Dependendo do interesse, as empresas poderão desenvolver com os alunos um projeto de inovação tecnológica na empresa.

06.01.14

Assessoria de Comunicação do Cede
Paulo Sombra – 85 3101.1602 9909.3843
 paulo.sombra@cede.ce.gov.br