Diretoria da ZPE de Santa Catarina visita instalações da ZPE CEARÁ

9 de outubro de 2015 - 13:40

Diretoria da ZPE de Santa Catarina visita instalações da ZPE CEARÁ

Os diretores da Companhia de Desenvolvimento do Estado de Santa Catarina (CODESC), que administram a ZPE de Santa Catarina, Miguel Ximenes Filho; José Tavares, Maria Zenilda e Marcus Dias, visitaram, ontem, pela manhã, as instalações da ZPE CEARÁ para conhecer o modelo da estatal, única em funcionamento no país. A diretoria da ZPE de Santa Catarina foi recepcionada pelo diretor comercial da Companhia Administradora da Zona de Processamento de Exportação do Ceará, Roberto de Castro.

Na ocasião, Roberto apresentou a estrutura física da ZPE CEARÁ, destacando os galpões de armazenamento, a área alfandegada e a área administrativa da estatal. A Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE CEARÁ) foi inaugurada no dia 30 de agosto de 2013, integrando o Complexo Industrial e Portuário do Pecém, no município de São Gonçalo do Amarante, a cerca de 60 km de Fortaleza.

Desde sua inauguração, a ZPE CEARÁ funciona em pré-operação, atendendo as cargas voltadas para a construção das empresas instaladas na sua área: a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP), a Vale Pecém, a White Martins e a Phoenix do Pecém. A estatal está agora envidando esforços para as adequações necessárias para o início da operação das indústrias, em regime de 24 h, previsto para o 1º trimestre de 2016.

O projeto da ZPE de Santa Catarina já foi aprovado pelo Conselho Nacional das Zonas de Processamento de Exportação e possui uma área definida de 200 hectares no município de Imbituba, mas não entrou ainda em operação. Segundo Roberto de Castro, quando a Companhia Siderúrgica de Pecém, uma das empresas instaladas na ZPE CEARÁ, estiver em pleno funcionamento o impacto positivo no PIB do Estado do Ceará será de 12% e no PIB industrial de 48%.