Comitiva da República de Belarus visita o Ceará

14 de março de 2016 - 13:46

Na tarde de hoje, 14, o Governador Camilo Santana e o Secretário de Assuntos Internacionais, Antonio Balhmann, recebem uma comitiva da República de Belarus, oficialmente República da Bielorrússia, com um almoço no Palácio da Abolição. Entre eles estarão presentes o Governador da região de Mogilev, senhor Vladimir Domanevsky e o Embaixador da República de Belarus no Brasil, senhor Leonid Krupets.

Durante o encontro com o Governador haverá assinatura do Acordo de Cooperação Econômica, cujas negociações foram iniciadas em fevereiro de 2015 entre o Comitê Executivo da Região de Mogilev e o Governo do Estado do Ceará, para identificar oportunidades entre ambas economias, sendo uma delas a instalação de uma unidade industrial de autopeças e agregados de tratores na ZPE CEARÁ.

Na terça-feira, 15, o Secretário Antonio Balhmann vai levar a comitiva para conhecer o Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP) e a Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE CEARÁ). A intenção é realizar negócios com o Estado do Ceará com a potencial instalação de empresas na ZPE CEARÁ. A comitiva vem acompanhada de empresários dos segmentos de carne, peças e agregados de tratores, laticínios, bebidas, dentre outros segmentos.

Para Balhmann a visita da comitiva é importante para mostrar que o Estado do Ceará tem grande capacidade de receber os investimentos que a República de Belarus tem interesse de fazer no Brasil. “O Ceará tem grande potencial, estamos enxergando além da crise e visando identificar saídas para diminuir o impacto do atual momento econômico do país”, explica.

Missão Belarus

Em fevereiro de 2015, uma missão bielorrussa visitou o Ceará. Segundo o Embaixador, Leonid Krupets, o objetivo da missão foi avaliar a possibilidade de constituir e instalar uma fábrica no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Investidores da Bielorrússia manifestaram na ocasião interesse em instalar uma fábrica de tratores no Ceará.

A fábrica seria uma joint-venture entre empresários cearenses e europeus. A primeira etapa do empreendimento seria a montagem dos equipamentos. Após consolidada, ocorreria a produção de motores e peças. Só então é que se daria a montagem dos veículos no Ceará. Em outro momento, começaria a produção de peças e motores.

Outros interesses da missão bielorrussa se concentraram na área de fruticultura irrigada e no estabelecimento de uma eventual parceria de intercâmbio educacional entre o Ceará e o país europeu. Sob a nova gestão paradiplomática da Secretaria de Assuntos Internacionais do Governo do Ceará, é que esta nova missão de Belarus retorna esta semana ao Ceará.