ZPE CEARÁ movimentou 1,6 milhão de tonelada de carga a granel no primeiro semestre de 2016

8 de julho de 2016 - 19:24

 

ZPE CEARÁ movimentou 1,6 milhão de tonelada de carga a granel no primeiro semestre de 2016

A ZPE CEARÁ fechou o primeiro semestre deste ano com 1 milhão e 617 mil toneladas de carga a granel/solta despachadas na sua Área de Despacho Aduaneiro (ADA) e distribuídas para o complexo Siderúrgico do Pecém. Dentre os produtos movimentados na área da ZPE CEARÁ, destacaram-se o carvão (1,032 milhão); o calcário (96.8 mil); a dolomita (2,66 mil); o quartzo (7,2 mil) e a silica (2,9 mil).

Os insumos regionais (calcário, dolomita, quartzo e silica) foram oriundos de municípios como Quiterianopólis, São Luis do Curu, Maracanaú, Horizonte, Quixeré, Limoeiro do Norte, Forquilha, Banabuiú e Caucaia, com reflexos positivos diretos na economia destas regiões. O envolvimento destes municípios na comercialização de insumos para a Companhia Siderúrgica do Pecém (CSP) reflete o esforço do Governo do Estado para desenvolver a economia local e gerar emprego no âmbito regional.

Segundo o presidente da ZPE CEARÁ, Mário Lima Júnior, o resultado do primeiro semestre de 2016 representa a consolidação da prática operacional do monitoramento e controle de cargas na ADA da estatal, de acordo com a função da ZPE de dar suporte ao controle aduaneiro da Receita Federal. “São mais de 100 operadores e monitores envolvidos nessas operações em regime ininterrupto durante as 24 horas do dia”, explica.

Mário Lima ressalta que toda a operação foi realizada com mão de obra recrutada nas regiões de São Gonçalo, Paracuru, Caucaia e Fortaleza. A movimentação no período envolveu cerca de 30.355 viagens de caminhões nos gates da ZPE CEARÁ. “Todo esse ciclo operacional se fará por completo a partir do despacho, em breve, das primeiras placas de aço para exportação”, destaca.

Conforme Mário Lima, é importante frisar, além da infraestrutura disponibilizada pela ZPE CEARÁ, o Sistema de Controle Aduaneiro (SICA) desenvolvido na própria ZPE, para adequação das rotinas às portarias regulamentadoras da Receita Federal. “Ao longo desses seis meses, não tivemos o registro de nenhuma desconformidade nas operações”, comemora.

MOVIMENTAÇÃO DE CARGA SOLTA/GRANEL

PRODUTO

MÊS

TOTAL ACUMULADO

(JAN A JUN)

JUNHO

ALCATRÃO

1.455,00

1.455,00

CARVÃO

90.684,98

1.032.668,63

CALCÁRIO

23.689,46

96.876,85

DOLOMITA

770,17

2.667,14

ESCÓRIA

125,23

125,23

FERRO SILICA

329,00

329,00

PELOTA

40.995,22

MINÉRIO

139.645,72

416.715,11

QUARTZO

6.976,02

7.211,13

SILICA

2.467,41

2.971,99

SUCATA

83,01

83,01

OUTROS PRODUTOS (CARGA SOLTA)

7.737,00

15.133,00

TOTAL

273.963,00

1.617.231,31