Estado e Banco do Brasil firmam acordo para incentivar a instalação de empresas na ZPE Ceará

8 de novembro de 2016 - 18:44

Estado e Banco do Brasil firmam acordo para incentivar a instalação de empresas na ZPE CEARÁ

 

O Governador do Estado do Ceará, Camilo Santana assinou ontem, 07, à tarde, no Palácio da Abolição, com o Banco do Brasil, em conjunto com a Secretaria de Assuntos Internacionais, a Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e a Zona de Processamento de Exportação do Ceará (ZPE CEARÁ), um Termo de Cooperação Técnica para garantir o financiamento de empresas que pretendem se instalar dentro da ZPE CEARÁ.

A iniciativa é fruto do esforço da Secretaria de Assuntos Internacionais do Governo do Estado no sentido de facilitar a engenharia financeira para as empresas interessadas em investir na ZPE CEARÁ. Com a assinatura do acordo, o Banco do Brasil passa a operar como agente financeiro para instalação de empresas na ZPE CEARÁ, bem como financiador da construção da infraestrutura necessária para permitir a expansão da ZPE CEARÁ. O Acordo contemplará todas as empresas que atenderem aos requisitos, independente do setor de atuação.

Camilo Santana disse quais serão os próximos passos para que o empresário possa se instalar na ZPE do Ceará. “Agora, vamos anunciar que existe essa linha de crédito do Banco do Brasil à disposição daqueles que estejam interessados em financiar os seus empreendimentos. Ou seja, para instalar-se na ZPE, o empresário pode procurar uma agência do banco, que vai disponibilizar essa linha de crédito específica para o desenvolvimento e crescimento da Zona de Processamento de Exportação do Ceará”, concluiu.

Conforme o Secretário de Assuntos Internacionais Antonio Balhmann, o Banco do Brasil ao trabalhar em conjunto com o Governo do Estado do Ceará vai garantir o apoio essencial para o crescimento da ZPE CEARÁ e para a atração de investimentos. Ele ressalta que o Banco do Brasil passará a fazer parte do portfólio de promoção da ZPE dentro e fora do Brasil. “O Governador Camilo Santana, ao assinar o acordo com o Banco do Brasil, assegura da parte do Governo todo o suporte no que diz respeito à infraestrutura para as indústrias se instalarem no Ceará e os investimentos no Complexo para que essas empresas tenham sempre uma boa logística. Isso acaba tornando a ZPE cada vez mais amigável para atrair os empreendedores. É um momento muito importante para a ZPE do Ceará”, conclui.

Segundo o Presidente da ZPE CEARÁ Mario Lima Júnior, o Governo, por meio do acordo, está incluindo o mais adequado agente financeiro do Brasil, que é o Banco do Brasil, que tem uma interface com os mercados internacionais, além de agências em vários países do mundo. “Nós não poderíamos deixar o Banco do Brasil de fora de um instrumento tão poderoso como a ZPE para alavancar as exportações tanto do Ceará como do país”, destaca. Ele lembra que o acordo pressupõe a presença do Banco do Brasil ao lado do Governo, apoiando os empresários e analisando os projetos que vão para implantação dentro da ZPE CEARÁ.

O Superintendente Estadual do Banco do Brasil no Ceará, Castro Júnior, disse que o Banco do Brasil está preparado para financiar a instalação de todo o parque industrial previsto para a ZPE CEARÁ, “No mês de outubro, o BB completou 208 anos participando do desenvolvimento econômico e social Brasileiro. Nessa história o Banco do Brasil apoiou e financiou o ciclo da Cana de Açúcar, o ciclo da Borracha, a expansão do Cacau e do Café, o desenvolvimento da Industrialização e do Agronegócio brasileiros. Agora estamos frente a um mega projeto de expansão econômica para o Estado do Ceará, com dimensões nacionais e efeitos internacionais, com patrocínio e apoio incondicionais do Governo do Estado, onde teremos o maior orgulho em contribuir com a implantação”, completa.