Empresa chinesa do setor de saúde realiza estudo para implantar unidade exportadora na ZPE CEARÁ.

6 de julho de 2017 - 17:41

Empresa chinesa do setor de saúde realiza estudo para implantar unidade exportadora na ZPE CEARÁ.

O Secretário de Assuntos Internacionais do Governo do Estado, Antonio Balhmann e o Presidente da ZPE CEARÁ, Mário Lima Júnior, acompanhados dos diretores da estatal, receberam na última segunda-feira, 03, em Pecém, uma comitiva chinesa composta por representantes do China Development Bank (CDB) e da empresa China Meheco Corporation, do setor farmacêutico e de equipamentos na área de saúde. A comitiva vai realizar um estudo de viabilidade para a instalação de duas unidades no Ceará, sendo uma para exportação na ZPE CEARÁ e outra no Polo Industrial e Tecnológico da Saúde (PITS), no Eusébio, para atender o mercado interno.

Na ocasião, Balhmann e Mário  apresentaram as vantagens para as empresas que se instalarem na área da ZPE CEARÁ, dentre elas o regime de suspensão tributária e a liberdade cambial. Para o Secretário de Assuntos Internacionais, o conjunto de oportunidades oferecidas pelo Estado do Ceará favorece a atração de investimentos do acordo Brasil-China. “O valor que será investido vem desse acordo entre os países. E o CDB é o banco do governo chinês que vai viabilizar a realização desses projetos, através de empresas habilitadas”.

O acordo Brasil-China é bastante amplo, e o governo chinês resolveu eleger a área da saúde como prioridades nos projetos para investimentos. Com as negociações avançadas, o Governo no Ceará conseguiu ser contemplado com U$ 4 bilhões em investimentos na saúde do Estado. Estiveram presentes na comitiva o chefe do CDB Internacional, Lei Zeyu; o chefe do CDB noz Brasil, Yuankun Xu, o representante da Meheco para a América Latina, Roberto Jiso e pelo grupo Bomcobras, a presidente Wang Shu wei e os executivos Min Ye, Adriano Figueiredo e Bruno Gonçalves.