ZPE Ceará agora faz parte de Organização Mundial de Zonas Francas

14 de maio de 2020 - 14:02 # # # # # # # # #

A Zona de Processamento de Exportação do Ceará – ZPE Ceará, empresa subsidiária do Complexo do Pecém, agora faz parte da World Freezones Organization – WFZO (Organização Mundial de Zonas Francas) como membro votante, categoria dedicada à zonas francas reconhecidas pelo governo ou Associações de Zonas Francas. A ZPE cearense, com a filiação, passa a ter acesso à toda gama de serviços ofertados pela organização, além de direito a voto durante a Assembléia Geral que acontece anualmente na Conferência e Exposição Anual Internacional.

Sobre a importância da filiação à WFZO, o diretor-presidente da ZPE CEARÁ, Mário Lima, destaca, “Somos a única em funcionamento no país e temos sido exemplo para os outros estados do Brasil que estão criando as suas zonas de processamento de exportação. Fazer parte da WFZO fortalece nosso papel em território nacional e a atuação da ZPE cearense no cenário internacional, o que é essencial para atração de novos investimentos para o Estado”, diz Mário.

A WFZO organiza regularmente eventos com o objetivo de promover networking, a troca de experiências entre os participantes. Segundo a  gerente de filiação da WFZO, Samira Azarba, a organização oferece vários serviços e benefícios aos seus membros, com o objetivo  de gerar  desenvolvimento e adoção de melhores práticas,. “Assim contribuímos para que as Zonas francas se tornem competitivas, eficientes, atraentes e gerando desenvolvimento e renda para seus países”, destaca.

Atualmente, a WFZO conta  com 610 membros, entre Zonas francas, Associações, Ministérios, Autoridades Aduaneiras, Câmaras de Comércios. “Já tivemos a oportunidade de participar de alguns eventos realizados pela organização e é muito engrandecedor. Estar em contato com ZPEs de todo mundo e os principais players do setor nos dá a oportunidade de ver o que está sendo praticado de mais atual e, consequentemente, aplicar aqui no Ceará”,finaliza Mário.